2

Controversies of antioxidant vitamins supplementation in exercise: ergogenic or ergolytic effects in humans?

A pouco menos de um mês o Journal of the International Society of Sports Nutrition publicou uma revisão mostrando o que diz os últimos estudos sobre o efeito da suplementação de vitaminas antioxidantes sobre o estresse oxidativo no exercício em humanos.
Em uma tentativa de minimizar os efeitos do estresse oxidativo durante a atividade física , muitos atletas e profissionais do esporte estão realizando a suplementação com vitaminas antioxidantes .No entanto , estudos recentes levantam a hipótese de que o exercício isoladamente pode aumentar a capacidade oxidativa do músculo e potencializar a acção de anti-oxidantes endógenos , o que é suficiente para compensar os efeitos negativos do stress oxidativo induzido por estímulos mecânicos.

Baixar artigo completo em PDF

Proteína dietética e exercícios de endurance: o que diz a ciência?

Uma bebida adequadamente formulada contendo carboidratos e eletrólitos (BCE) melhora o desempenho durante o exercício principalmente por causa de dois ingredientes-chave: carboidratos (CHO), que fornecem o combustível para os músculos que estão sendo acionados e o sódio, que ajuda a manter o balanço hídrico. Recentemente dois estudos sugeriram que o acréscimo de uma pequena quantia de proteína (~2% de proteína de soro de leite) a uma BCE melhorava a capacidade de endurance comparado à ingestão isolada de uma bebida esportiva.

Baixar artigo completo em PDF